Orvalho de Deus

Oséias 14:6-8
  

    5 Eu serei para Israel como o orvalho. Ele florescerá como o lírio e lançará as suas raízes como o Líbano.
    6 Estender-se-ão os seus galhos, e a sua glória será como a da oliveira, e sua fragrância como a do Líbano.
    7 Voltarão os que habitam debaixo da sua sombra; serão vivificados como o trigo, e florescerão como a vide; a sua memória será como o vinho do Líbano.



Essa passagem me faz refletir sobre a importancia do derramamento do Espirio Santo em nossa vida, pois sem o refrigério que está na unção de estar de bem com o Senhor, nós não podemos desfurtar das bençãos de Deus.

Viver em comunhão com o Altíssimo, é estar em perfeita harmonia com o plano divino, e conhecer qual a perfeita vontade de Deus.

"E não sede conformados com este mundo, mas sede transformados pela renovação do vosso entendimento, para que experimenteis qual seja a boa, agradável, e perfeita vontade de Deus." (Romanos 12:2)



Então amados,  sejamos prudentes e sábios em descobrir qual seja a perfeita vontade de Deus para nossa vida e deixemos de lado tudo o que nos afasta do Senhor. Produzir bons frutos, a partir da videira verdadeira que é Jesus. Sermos amáveis uns com os outros e amar a Deus sobre todas as coisas.

Abaixo um Estudo sobre o Orvalho de Deus que é o Nosso refrigério da alma, o avivamento que toda a Igreja deveria ter e procurar para a união dos irmãos e a unção do Espirito Santo.

by Márcia Morais

Orvalho de Deus
Eu serei para Israel como o orvalho (Oséias 14:5)





A Bíblia diz que Deus é como orvalho para o seu povo (Os 14.5). O que será que esta figura tem para nos ensinar? Quais as lições espirituais que podemos extrair dessa passagem? É uma alegria saber que a nossa restauração é realizada por Deus. Deus mesmo é a fonte de nossa restauração. Assim como o orvalho restaura a terra castigada pelo rigor do calor, assim como o orvalho traz nova vida à terra seca, assim Deus traz restauração para o seu povo.


1) O orvalho cai constantemente (Os 14.5)


Ele não é periódico, mas diário. Deus também renova as suas misericórdias em nosso favor a cada manhã (Lm 3.22). A cada manhã, vivemos um milagre, pois Deus renova o seu amor, cuidado, e misericórdia em nosso favor. O amor de Deus por nós é incansável, perseverante. Deus sempre está conosco. Quando enfrentamos as tempestades da vida, Ele está conosco. Quando passamos pelas fornalhas, Ele caminha conosco. Quando atravessamos o vale da sombra da morte, Ele nos toma pela mão, e diz: “Não temas, pois estou contigo” (Is 41.10).



2) O orvalho vem de cima, do céu (Os 14.5)


A nossa restauração não vem da terra, mas do céu; não é produzida pelos homens, mas por Deus. A fonte de nossa cura, da nossa paz, das nossas vitórias, da nossa alegria, da nossa satisfação e realização não é projetada na terra, mas das regiões celestiais. Podemos dizer como o salmista : “.... todas as minhas fontes estão em Ti” (Sl 87.7). Os livros de autoajuda pregam que o homem é um gigante adormecido, e que basta fazer cócegas em seu interior para ele se levantar, cheio de força e vigor. Contudo, nossa força não vem de dentro, mas do alto. Não precisamos de autoajuda, mas sim, da ajuda do Alto.

3) O orvalho cai à noite (Os 14.5)


É quando a noite parece mais escura, quando as estrelas não brilham, quando os horizontes se tornam turvos e os perigos mais ameaçadores nos atemorizam, é a hora que o orvalho desce para banhar a terra com o seu frescor. Assim, também, o Eterno vem sobre nós nas noites escuras das provações, nas madrugas insones e geladas da nossa dor, trazendo-nos Seu refrigério e restauração. Deus nunca desampara aqueles que Nele esperam. Ele nos assiste em nossas fraquezas, nos carrega em seus braços e enxuga nossas lágrimas. Quando nos faltam os recursos da terra, nas noites mais escuras da nossa dor, vem do céu o nosso socorro e a nossa provisão (Sl 121).


4) O orvalho cai abundantemente (Os 14.5)


O orvalho é abundante e vital, sobretudo na região árida da Palestina. Sem ele, a terra se tornaria estéril. Quando estive em Jerusalém pude notar este fato no monte Hermon. Ao cair da noite, o monte Hermon que é congelado em seu cume, começa a derreter e aquela água desce e refresca a terra, dando vida às plantas, à terra, à produção do agricultor. A terra é restaurada, as plantas recebem nova vida e o agricultor tem a esperança de uma boa colheita. Da mesma forma, Deus age conosco. Ele nos traz sua graça, dando-nos uma vida abundante. Como bálsamo celestial, Ele derrama sobre nós sua unção, seu poder, sua restauradora presença. O orvalho é símbolo do Espírito Santo. Ele foi dado à igreja de forma abundante. Joel falou de um derramamento sobre toda carne (Jl 2.28). Isaías falou de torrentes caindo sobre a terra seca e do Espírito sendo derramado sobre os descendentes de Abraão (Is 44.3).



5) O orvalho é silencioso (Os 14.5)


De forma diferente da chuva, o orvalho não é precedido de trovões estrondosos nem de relâmpagos luzidios. O orvalho cai sem alarde, silenciosamente. Assim Deus faz conosco. Mesmo que as pessoas à nossa volta não percebam, mesmo que grandes e imponentes coisas não estejam sendo notadas em nossa vida, diariamente Deus traz para nós a restauração bendita de Sua presença. Jesus prometeu que estaria conosco até a consumação dos séculos (Mt 28.20). Ele vem sobre nós como o orvalho, trazendo-nos verdor, alento, consolo e vida abundante. Não precisamos viver vidas áridas, secas, sem vigor.

“Restaura-nos, ó SENHOR, do cativeiro, como as correntes das águas no sul”. (Sl 126.4)

Nele, que diariamente derrama o Seu orvalho sobre nós,
fonte: http://davarelohim.blogspot.com/2009/10/serei-para-israel-como-o-orvalho-oseias.html

Comentários

  1. LINDO O TEXTO SOBRE O ORVALHO.
    É POÉTICO! ROMÂNTICO! DOCE! QUE O SENHOR ME CAPACITE PARA FAZER UMA PREGAÇÃO SOBRE O ORVALHO. AMEI!

    ResponderExcluir
  2. LINDO O TEXTO SOBRE O ORVALHO.
    É POÉTICO! ROMÂNTICO! DOCE! QUE O SENHOR ME CAPACITE PARA FAZER UMA PREGAÇÃO SOBRE O ORVALHO. AMEI!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Texto é tão lindo e tranquilizador que parece que Deus escreveu e está lendo pra nós

    ResponderExcluir
  5. lindo ensinamento. Acabei de ler agora pela manhã sobre Oseias 14 e ler esse estudo sobre o orvalho para nossa vida espiritual me edificou bastante. Louvado seja o nome do Senhor.

    ResponderExcluir
  6. Quero aqui externar minha gratidão por esse estudo.
    Estou a meditar em Oséias 14, o que fez com viesse a visitar a página.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Saudade...

Qual sua Essência?

Coração Quebrantado