Carregando...

FIDELIDADE

ESPERA NO SENHOR POR UMA AÇÃO DIVINA: O MILAGRE


Veio ao meu coração, o desejo de escrever algumas linhas sobre o meu sentimento em relação ao acontecido com os mineiros chilenos, quem ficaram presos 70 dias debaixo da terra.

Muita comoção diante de todo o mundo durante o resgate, do primeiro ao último, através de uma capsula que só cabia 1 pessoa em pé, que mais parecia com uma pílula de sobrevivência, único artefato que traria de volta aquelas pessoas.

Mas eu me pergunto: Aonde está a esperança? Ou em que eles se apegavam para ter esperanças de retornar à superficie? Bom eu não tenho as respostas corretas, mesmo assim vou tentar expô-las de acordo como elas estão impressas em meu coração.

1. Estar abaixo da superficie terrestre sem nenhuma perspectiva de vida e sem saber o que estava acontecendo, é um tanto desesperador.

2. Sem saber o que poderia acontecer ao seu redor, tendo a certeza apenas de que o ar estava cada vez mais denso, o calor cada vez mais quente e o local ficando ainda mais apertado, é impossível acreditar tamanho êxito.

Corpo e mente funcionam como uma unidade , segundo um só propósito, que, em geral, serve a nossa sobrevivência ou à sobrevivência e ao aperfeiçoamento da espécie. Quanto maior o nível de estresse psicológico, maior a propensão a doenças. Um dos principais mecanismos que sinalizam nosso corpo e mente e nos conectam com o mundo externo é o eixo hipotálamo-pituitário- adrenal ou HPA . O HPA pode influenciar funções básicas da vida física e psíquica, tais como padrões alimentares e de armazenagem de gordura, imunidade, sono e reprodução, além do tipo de sentimentos e sensações que apresentaremos mediante situações de estresse ou perigo. É por isso que muitas pessoas quando vivem alguma situação de estresse , engordam ou emagrecem. Assim o nosso corpo trabalha nos mantendo sempre ativos. mas tem um porém: A mente humana trabalha sempre com a certeza do que se pode vê e sentir, mas o nosso espírito vive apenas pelo fato de acreditarmos em algo em que não se pode ter certeza se existe ou não. Isso nós chamamos de fé!

Mas devemos tomar cuidado com a palavra fé, com o sentimento real da palavra e o que ela pode produzir e por quem a fé está sendo motivada.

Quando falamos de fé, estamos falando de um sentimento que transmite uma menssagem de crença muito forte em alguém ou alguma coisa.

No Antigo Testamento, de acordo com as Sagradas Escrituras, a nação israelita, tinham recebido a promessa de Deus, que iriam tirá-los do Egito e levariam para uma Terra que manava leite e mel, pela fé em Deus, o Deus dos seus antepassados, que mantinham uma aliança de fidelidade, de honra e de glória, mas mesmo assim com tanta devoção, eles ainda duvidavam, e suas mentes precisavam de mais, precisavam crer e tocar no que estivesse em suas frentes, visivelmente e não em sentimentos. Então começaram a adorar outros ídolos e não mais a Yavé. E toda essa rebeldia fez o povo perecer cada vez mais e dificultar sua chegada a Terra Prometida. (Dt 7:8)

Mas o que liga essa passagem ao acontecimento dos dias de hoje? Ora a fé!

Sempre depois de um sofrimento, de um desespero, onde acabam nossas espectativas de vida e sem mais saber o que pode acontecer, com a perda total das crenças, de um modo geral, depois que nada pode nos ajudar, nós clamamos a Deus Todo-Poderoso, Rei dos Reis, Senhor dos Exércitos e esperamos ser resgatados por sua mão firme e poderosa, e retornármos à superficie.

Contudo, esquecemos que Deus sempre está no centro de tudo e que tudo acontece para Sua Glória. (Filipenses 4:19)

E o povo acaba quebrando esse pacto de fidelidade, deixando sempre de adorar a Deus vivo e depositar suas esperanças em ídolos mudos, ou até mesmo nas mãos dos homens.

Devemos estar atentos aos sinais de Cristo e saber que Deus está no controle de toda e qualquer situação e que através de Jesus Cristo, nossa aliança foi renovada e selada com o sangue do cordeiro.

Viver essa realidade nos dias de hoje, nos traz a uma certeza de que os dias estão terminando e que Jesuss está voltando, e mais: nossa devoção e gratidão deve ser somente a Ele e para Ele, sempre.

Não fiquemos pasmados com o que a mídia mostra ou com o que as pessoas falam, antes procuremos ter mais conhecimento para sabermos que o verdadeiro entendimento vem através da palavra de Deus.

Não nos entreguemos a falsas alegrias, antes procuremos viver em comunhão com Cristo Jesus, e com compaixão por todos, levando a Palavra e o Ensinamento Cristão.

Não depositemos falsas atribuições de conquistas a deuses mudos ou aos homens, pois nós somos frágeis, antes devemos dar toda honra e toda glória Àquele em que verdadeiramente nos criou e está sempre no controle de cada situação.

Antes clamemos enquanto nós pudermos, para que Ele nos escute e nos dê a sua misericórdia, que é a vida eterna.

Que esse acontecimento mundial possa corroborar a um entendimento real da ação divina do Nosso Senhor em nossas vidas, pois foi com a permissão DEle que todos sobreviveram e voltaram à superficie terrestre.

E acima de tudo, saibamos de que nada acontece sem a permissão DAquele que nos rege.


amém.



Para Estudos da Palavra do Senhor: Hebreus 10:32-39 e cap 11 para cada vez mais ficarmos firmes na fé!


Sobre o fato ocorrido:


João Cruzué: José Henríquez González, de 54 anos, o 24º homem a ser resgatado da Mina San Jose, onde 33 mineiros passaram 69 dias soterrados, é evangélico e assumiu o papel de guia espiritual do grupo enquanto esteve soterrado. Parte da imprensa está dizendo que ele é pastor evangélico, mas não está confirmado. O que se sabe é que ele natural de Talca, cardíaco, casado e pai de duas filhas. E que nesses momentos, está feliz da vida junto da família. Sua esposa não conseguiu conter o choro ao ver o marido sair da cápsula, abraçando-o longamente, e ambos levantaram as mãos em um sinal de êxito e felicidade.


outros que foram salvos, ao chegarem á superficie, ajoelharam e agradeceram a Deus.


.................................................................................................................................................................


UMA PALAVRA QUE TEM PODER: FÉ

A fé é uma palavra verdadeira que transmite a confiança necessária para estar perto de Deus.
Com Ela nós podemos o impossível, pois é acreditando que Deus pode operar em sua vida, que Ele provê o que realmente você necessita.

Devemos orar mais e pedir a Deus que nos dê cada vez mais confiança no seu amor e que nossa fé não acabe nunca.

E nunca esqueça que tudo que você faça, ou messmo com sua grande fé, se não houver o verdadeiro amor, nada adianta.

Ter fé, esperança no provê de Deus e amor no que você faz, são as armas para uma vida plena ao lado do Senhor.

Procure sempre escutar o que seu coração diz, procure sempre ouvir a voz de Deus em sua vida, lute e siga seus passos.

LEIA A BÍBLIA

Fé, Esperança e Amor

Paulo disse em 1 Coríntios 13:13
“Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, porém o maior destes é o amor” Estas três palavras aparecem juntas várias vezes no Novo Testamento, pois descrevem atitudes fundamentais na vida cristã.

Em Colossenses 1:4-5, a fé dos discípulos os leva a demonstrar seu amor aos irmãos, alicerçados na sua esperança da vida eterna.

O amor precisa ser sacrificial. É mais do que um sentimento. O amor exige abnegação, colocando outros acima dos nossos próprios interesses (Romanos 12:9-10,16).

A esperança precisa ser firme. Se vacilarmos na confiança em Deus, não conseguiremos resistir nas horas de provações e tentações. “Guardemos firme a confissão da esperança, sem vacilar, pois quem fez a promessa é fiel” (Hebreus 10:23).

Cada cristão, no seu crescimento como servo do Senhor, deve cultivar a fé, a esperança e o amor.



Deus abençoe a todos
amém.